História

Corte Oficial 2011

Arquivo

Nas décadas de 60, 70 e 80 Pelotas projetou-se no cenário nacional como o terceiro melhor carnaval do Brasil. Sujeitos da festa, turistas das mais variadas regioes do Brasil e dos países do Prata chegavam r cidade dispostos a desfrutar toda a diversao, cultura e folia que a cidade proporcionava.

A intençao da Prefeitura Municipal de Pelotas é garantir a participaçao popular e a democratizaçao do carnaval pelotense, valorizando as expressoes locais, manifestadas por escolas de samba do grupo especial, escolas mirins, blocos infantis, bandas carnavalescas, blocos burlescos e blocos de participaçoes. Além disso, cabe ao Poder Público o fomento, divulgaçao e desenvolvimento econômico e cultural da “mais popular festa de rua do sul”. Para tanto, vocaçao, criatividade, vontade e empenho nao nos faltam.

Atualmente, ao longo das seis noites do carnaval participam uma média de cem mil pessoas. A festa de Pelotas diferencia-se das demais cidades do Estado por ser irreverente e participativa, o que proporciona alegria e diversao espontânea. Todo envolvimento das comunidades em torno do carnaval gera postos de trabalho e criaçao de diversos focos de circulaçao e distribuiçao de renda, principalmente no conjunto daqueles segmentos sociais que normalmente estao r margem da cadeia produtiva do município (artesaos, costureiras, músicos, artistas plásticos, oficineiros, entre tantos outros).

Revitalizar o CARNAVAL DE PELOTAS é, portanto, assumir uma identidade simultaneamente herdada e construída, da qual devemos nos orgulhar e que possibilitará que PELOTAS e o Estado do Rio Grande do Sul voltem a figurar entre os povos que realizam os mais autenticos carnavais de rua do país.

Compartilhe nas Redes Sociais